Editora internacional adquire participação no catálogo da editora brasileira Nas Nuvens

Estúdio musical | Unsplash, Foto: John Matychuk
Unsplash | Foto: John Matychuk

No cenário em constante evolução da indústria musical, uma nova parceria está prestes a deixar sua marca. A renomada Primary Wave Music anunciou recentemente a aquisição de uma participação significativa na Nas Nuvens Catalog, uma empresa brasileira de destaque no mundo da música. Essa aliança promete não apenas fortalecer o legado da música brasileira, mas também abrir portas para novas oportunidades no mercado global.

Detalhes do negócio

A transação, avaliada em cerca de US$ 100 milhões em torno de R$ 496 milhões, representa um marco significativo para ambas as empresas. Sob os termos do acordo, a Primary Wave assumirá uma participação de 50% na Nas Nuvens, consolidando sua presença no mercado musical brasileiro. Essa parceria estratégica visa aproveitar o crescente interesse internacional pela música brasileira e expandir o alcance dos catálogos gerenciados pela Nas Nuvens.

Sobre a Nas Nuvens Catalog

Fundada em 2021 pela Starboard Partners e pelo lendário produtor musical Liminha, a Nas Nuvens Catalog emergiu como uma das principais empresas de música do Brasil. Com um catálogo diversificado que inclui obras de artistas renomados como Carlinhos Brown, Vanessa da Mata e Arlindo Cruz, a empresa tem sido pioneira na preservação e comercialização do patrimônio musical brasileiro.

O impacto global da aquisição

Com a expertise da Primary Wave em gerenciamento de catálogos musicais e sua vasta rede de contatos na indústria, a Nas Nuvens está preparada para alcançar novos mercados ao redor do mundo. A crescente popularidade de artistas brasileiros como Anitta e a disponibilidade de plataformas de streaming global oferecem um terreno fértil para a expansão internacional da música brasileira.

Conclusão

A compra da participação na Nas Nuvens pela Primary Wave representa um marco significativo para o mercado da música brasileira. Essa parceria promete não apenas preservar e promover o rico legado cultural da música brasileira, mas também abrir novas portas para artistas e compositores brasileiros no cenário internacional.